Planejamento financeiro na TI: qual a importância?

Planejamento financeiro na TI: qual a importância?

Powered by Rock Convert

Ser uma empresa competitiva significa desenvolver estratégias que aumentam a produtividade e garantam o cumprimento de todo o planejamento financeiro. Sendo esse um processo extremamente importante, não podemos diminuir a responsabilidade da equipe de Tecnologia da Informação para o sucesso dessa prática.

A TI tem o compromisso de cuidar das tecnologias e comunicações da empresa, fatores esses, que são essenciais para a realização de qualquer negócio. Então, por que não dar uma atenção especial ao planejamento financeiro de TI? Pensando nisso que trouxemos este artigo para você. Boa leitura!

Planejamento financeiro para TI: vantagens

Para além de, simplesmente, organizar as finanças da empresa e do departamento de Tecnologia, um bom planejamento financeiro consegue manter a companhia sempre atualizada perante inovações, facilitando a escalabilidade dos negócios. Essas atualizações de sistemas e equipamentos otimizam processos e acabam por dar mais produtividade aos colaboradores.

O impacto também pode ser sentido por meio da redução de custos, pois novos hardwares tendem a ser menos custosos do que modelos mais antigos. Além disso, dependendo da atualização feita nas tecnologias da empresa, os custos são reduzidos em até 70% em comparação à tecnologia anterior. 

Dicas para realizar planejamento financeiro de TI

Abaixo, mostraremos algumas dicas importantes para realizar planejamento financeiro de TI!

1. Mapeamento

Mapear a estrutura tecnológica da empresa é fundamental para começar a organização financeira. Esse instrumento permite conhecer a fundo as reais necessidades da empresa, bem assim quais equipamentos necessitam de manutenção, troca e atualização, quais certificados e licenças estão pendentes e ouvir funcionários no que tange a processos realizados.

Escutar os colaboradores de cada departamento é importante para entender se a tecnologia utilizada satisfaz as demandas do setor, se há latência nas respostas ou falhas de sistemas.

2. Faturamento do último ano

Analisar os relatórios de faturamento do ano anterior é uma ótima forma de entender os resultados que a empresa alcançou. Com as informações do mapeamento, você sabe como a empresa alcançou aqueles números. Munindo-se dessas duas informações, é fácil ajustar quais melhorias precisam ser feitas para repetir as somas positivas.

Powered by Rock Convert

Caso os resultados analisados não sejam satisfatórios, utilizando as mesmas informações do mapeamento, podemos alinhar tecnologias, colaboradores e processos. Esse estudo permite uma decisão mais assertiva e garante a você, gestor, total controle dos recursos investidos na empresa.

3. Gestão de custos

Essa prática permite identificar o destino de cada recurso aplicado no departamento de TI.

Essa informação no planejamento financeiro é importante para assegurar o investimento correto de capital e identificar oportunidades de crescimento. Na gestão de custos também conseguimos avaliar se os serviços recebidos de outras empresas — como Internet, telefone e luz — são suficientes para o desempenho dos negócios, analisando a relação de custo e benefício desses contratados.

4. Previsão de crescimento

Até aqui você se preocupou com o que já tem e com o que já fez, em questão de equipamentos e resultados. Porém, a empresa caminha para frente, certo? Então é necessário, também, estipular metas e objetivos realistas, baseando-se nas tecnologias que a organização já possui.

 As atualizações e mudanças, que foram anotadas no mapeamento da estrutura da empresa, serão programadas nessa previsão de crescimento e, aí sim, novas metas e objetivos poderão ser estabelecidos.

5. Projete diferentes cenários

É importante estar preparado para as variadas situações que podem surgir. Então, na hora do planejamento financeiro de TI, pense em situações diferentes, como:

  • um cenário realista onde as metas traçadas não são tão ambiciosas e coincidem com o que a empresa já costuma alcançar;
  • um cenário otimista em que os objetivos são mais audaciosos, mas que indique os recursos e processos necessários para atingi-los;
  • um cenário pessimista ou situação emergencial — como queda de produtividade, falhas de sistemas, suspensão de energia, Internet e telefone — e quais seriam as medidas para reverter essa conjuntura hipotética.

Uma empresa que busca sustentabilidade precisa realizar um bom planejamento financeiro. Pois esta é a etapa em que recursos serão analisados e o gestor poderá decidir, de forma mais precisa, quais meios possui e quais pretende adquirir para alcançar os objetivos de negócio.

Agora que você sabe o que um planejamento financeiro pode fazer pelo seu TI, aprenda o que a telefonia em nuvem pode fazer por sua empresa!

Powered by Rock Convert

Sem comentários

Cancelar